Odery Custom Drums

Endorsee Regionais

       
                    

Andrio Dias

Andrio Alvarenga Dias nasceu em Manaus/AM, começou a tocar bateria aos 8 anos de idade por influência do seu pai Gilmar Santana e dos tios Rildo e Markinho, todos bateristas. Como muitos músicos profissionais talentosos de hoje em dia, Andrio começou sua vida musical tocando em igrejas. As primeiras levadas de bateria foram tocando junto com os discos do seu pai, em casa. Aos 15 anos teve suas primeiras bandas de rock como Osmauros, Baruk (Atual Umbra Omnipotentis) e Dead Sin.

Aos 18 anos iniciou seus estudos no Centro Cultural Cláudio Santoro (atual Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro – LAOCS), dessa vez no curso de percussão erudita, onde mesmo sendo baterista, identificou-se com este universo musical, tendo Daniel Ricardo Romano Lemos, ex-timpanista da Orquestra Amazonas Filarmônica e atual percussionista na Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, como professor. Além de Daniel Lemos, paralelamente manteve firme seus estudos na bateria com professores renomados como Airton “Gaúcho” Silva (baterista da Orquestra Amazonas Jazz Band) e Helmut Quacken (baterista da banda de heavy metal Glory Opera).

É Bacharel em Música (Instrumento Percussão) pela Universidade do Estado do Amazonas, desde 2012, obtendo nota máxima no recital de formatura, sendo o primeiro percussionista graduado pela instituição.

 

para site_2

 

 

Atuou na Banda Sinfônica do Centro Cultural Cláudio Santoro; Orquestra de Repertório Popular do LAOCS. Orquestra Sinfônica Jovem Encontro das Águas (2006-2007); timpanista da Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica (2007 a 2009) e percussionista da Amazonas Jazz Band (2009 a 2011). Participações na Orquestra de Câmara do Amazonas, Orquestra de Violões do Amazonas e Coral do Amazonas. Quinteto Novo (Festival Amazonas de Jazz – 2008), All That Jazz, Jurupari Ensemble, Coral Jovem de Manaus, concerto com Frank Sinatra Jr. no III FAJ, concertos com Abner Viana Quarteto, Concertos de Natal do Estado, Grupo de Percussão da UEA e LAOCS. Festival Amazonas de Ópera (desde a XII edição até a presente data); Festival Amazonas Jazz. Prêmio de Melhor Sonoplastia nas peças Labirinto do Januário (2007) e Yebà Buroh (2008) no Festival de Teatro da Amazônia. Em 2009 foi selecionado em audição internacional para reunir 60 jovens músicos da América Latina na qualidade de instrumentista na cidade de Manizales (Colômbia) sendo membro fundador da Orquesta Latinoamericana de Vientos (OLV).

Atualmente é percussionista efetivo da Orquestra Amazonas Filarmônica (OAF – desde 2011), JazzVerde (desde 2013) e do Grupo de Percussão do Amazonas (GPA – 2015), constituído pelo Naipe de Percussão da OAF e convidados. Na área do rock/metal é baterista/fundador das bandas: Umbra Omnipotentis, que lançou EP contendo seis faixas em 2014 e Santrio, que em 2015 lançou seu primeiro CD com nove faixas e videoclipe oficial da faixa “Gigantes Cairão”.

Outro trabalho em andamento é a produção de composições próprias do seu disco instrumental intitulado “Números”, contendo diversos estilos musicais. É professor de percussão erudita no Liceu de Arte e Ofícios Cláudio Santoro, e de bateria do Conservatório de Música do Amazonas (CMA) e do Instituto de Bateria e Percussão Ritmos do Mundo, administrado pelo baterista Marcelo Montenegro. Faz parte também de outros projetos musicais como Villency, TrioMetal, Havalanchy HC, cantor Matheus Muniz, entre outros, tocando e produzindo. Tem uma carreira ativa como free-lancer acompanhando artistas, bandas e grupos de vários gêneros, em eventos e gravações.

 

 

Contato:

andrumstick@hotmail.com

Telefones: (92) 98109-2190/99174-2443

 

Facebook: www.facebook.com/andrio.dias.1

Instagram: @andrio_dias

Youtube: Andrio Dias

Periscope: @AndrioDias

SoundCloud: https://soundcloud.com/andrio-dias